Foto-receita: Gyoza

Olá mundo!

Consegui me livrar de parte da maldição do rolinho primavera ruim (Para saber mais pergunte para a Karla do Café TPM). Durante as minhas férias eu preparei maravilhosos gyouza, que são pastéis orientais presentes na culinária da China, Coréia, Japão, Tailândia, etc. Existem várias versões desta receita e modos de preparo, a versão deste eu peguei do canal Feast of the Fiction, neste vídeo aqui (Em inglês). Eles prepararam à maneira chinesa, cozido e ao vapor, eu preparei à maneira japonesa, frito. Para ver a minha versão, continue depois da quebra.

Continuar a ler

Restaurante: Portal da Coréia

Olá Mundo!

Hoje eu vou falar sobre um restaurante que eu realmente amo. Já fui lá umas cinco vezes, e quando eu vou para a Liberdade em São Paulo, só quero ir lá. Realmente, foi paixão a primeira vista, lembro até hoje…(Imaginem a cena ficando embaçada)

Estava eu andando pela rua, quando recebo um flier de um restaurante coreano. Neste momento relembrei dos ótimos momentos que passei no Japão com minhas amigas coreanas. Todos os pratos deliciosos regados sobre conversas divertidas sobre novelas coreanas e as maravilhas turísticas da Coréia. Infelizmente estava fechado. Um outro dia resolvi visitar este restaurante e fiquei admirado com a bela decoração e com a limpeza. E quando a comida veio…até hoje eu não esqueço…

(Volta tudo ao normal)

Eu já experimentei quase todos os pratos. Para experimentar os que eu ainda não havia experimentado ainda, chamei um grupo para me ajudar: Maurílio do Caixa de Música Sintética, Patrícia do Make de Cada Dia e o  Guilherme que escreve no Ironias do Destino…ou do Desconhecido

Bem, para começar esqueça a imagem de restaurantes sujos, com atendentes nervosos que mal falam português e com comidas de procedência duvidosa. O restaurante é Limpíssimo, o atendimento é ótimo (Se você não sabe como o churrasco coreano funciona, todos os garçons estão sempre sorridentes para ensinar como funciona) e as carnes são deliciosas, de uma seleção e apresentação incrível.

O restaurante segue uma linha bem tradicional de atendimento, aonde você mesmo controla o seu churrasco (O que particularmente é muito divertido) e você só paga as carnes e misturas. Todos os pratinhos saborosos com legumes, saladas e o indispensável Kimchi são serviço da casa.

Para quem está preocupado com os preços saiba que a média é de R$25,00 à R$50,00. No dia em que reuni os meus amigos, eu pedi o Família Feliz, um jeito barato de pedir quatro churrascos e um ensopado. Pedi também o Mandu, que são pasteizinhos cozidos no vapor ou fritos, recheados de porco ou camarão. Com as bebidas a conta ficou na média de R$130,00.

Algumas dicas: Evite ir com roupas de algodão e coloque ele como encerramento de viajem, apesar dos exaustores de ar, o churrasco coreano acaba deixando um pouco de cheiro na roupa. Mas, esse é um problema de restaurantes deste estilo, não do Portal da Coréia em especial. Aliás, como ele tem exaustores, é o que eu menos sofri com cheiro. Vá com tempo. A comida coreana foi feita para se comer com calma, ser deliciada e não tacada bucho abaixo. Leve dinheiro. Na última vez eles estavam aceitando cartão MasterCard. Até pouco tempo, só em dinheiro mesmo.

Um agradecimento especial para a Regina, que além de ser super simpática é bastante atenciosa com os pedidos e com a satisfação dos clientes desde 2009. Por final os dados do restaurante:

Fica aberto de Segunda à Sábado das 12h às 14h30, e das 18h às 22h. Aceita reserva mas também aceita normalmente sem reserva. Capacidade grande e tem dois andares.

Localiza-se na Rua da Glória 729. Liberdade-São Paulo. Não tem estacionamento. Mas, é conveniada com o estacionamento na Rua da Glória, 790. E qualquer dúvida o telefone é (11) 3271-0924. Você também pode ver pela página deles no facebook aqui.

Como chegar pelo metrô Liberdade:

Como chegar pelo metrô São Joaquim:

Um bom apetite!